• brcidades2017

Agenda - III Fórum Nacional BrCidades

Atualizado: Set 14

A agenda BrCidades é atualizada sempre às segundas-feiras; para incluir sua programação, envie e-mail para agenda.brcidades@gmail.com. Para salvar os eventos em sua agenda pessoal, vá em calendário e clique em “Copiar para o Google Agenda”: brcidades.org/calendário. Excecionalmente nesta semana, dedicamos toda a agenda ao III Fórum Nacional BrCidades, confira:


Segunda-feira, dia 13 de setembro



14h Mesa de debate: “Pré Lançamento do Livro A CIDADE EM DISPUTA: Planos Diretores e participação no cenário da pandemia”.


O presente livro tem como eixo estruturador o debate sobre os processos de revisão de Planos Diretores em diversos municípios brasileiros (grandes, médios e pequenos) na última década, incluindo o contexto da pandemia de Sars-Cov-2. Com participação de Pedro Rossi (USP), Thiago Trindade (UNB), Beatriz Fleury (UEM) e Carina Serra (USP). Link aqui.



16h

Governança interfederativa e participação social na gestão metropolitana.


Entre os temas tratados: Instrumentos de coordenação e cooperação federativa para gestão metropolitana - Paula Ravanelli Losada; Macrometropole Paulista e a questão das RMs no estado de SP e seus PDUIS - Sania Baptista; Planejamento e gestão da RMBS: PDUI e a governança metropolitana - José Marques Carriço; Ações do Núcleo BrCidades RMBS na construção da Agenda Mínima Regional - Mônica A. Viana; Experiência do FSBS no fortalecimento da governança metropolitana - Lenimar G. Rios; Os obstáculos à participação democrática no Brasil - Thiago Trindade (Núcleo BrCidades DF). Coordenação: Mônica A. Viana (Núcleo BrCidades RMBS). Link aqui.



18h30 Debate e roda de conversa: UOH! É Urgente um Orçamento para Habitação.


Em agosto deste ano, em Curitiba (PR), foi lançada a Campanha “É Urgente um Orçamento para Habitação!”, que visa sensibilizar a população e os gestores públicos locais quanto à premência da necessidade de provisão habitacional em nosso município; promover a compreensão e publicização de dados referentes ao processo orçamentário municipal, ampliando o acesso à informação; e, em especial, garantir um orçamento para habitação condizente com a urgência do direito à moradia. Link aqui.


20h às 21h

Roda de conversa integração: UOH! É Urgente um Orçamento para Habitação - Para este segundo momento da atividade, é necessário realizar inscrição por este link: https://bit.ly/UOH_participe . As rodas acontecerão pelo Google Meet.



19h Mesa de debate: Gênero, Raça e Classe: manutenção e produção das desigualdades urbanas. Por um horizonte emancipatório.


O encontro vai debater o racismo, o machismo, a exclusão socioeconômica de grupos vulnerabilizados e seus atravessamentos como matriz de reprodução e legitimação das desigualdades; a herança escravocrata na produção das cidades: o acesso à terra e seu reflexo na segregação socioespacial; interseccionalidade como ferramenta emancipatória por uma agenda de justiça social. Com Megg Rayara, Ceniriani Vargas da Silva e Andreza Romano. Link aqui.



Terça-feira, dia 14 de setembro



9h Orçamento Participativo: balanço e perspectivas para o avanço do Direito à Cidade.

As experiências do Orçamento Participativo de Porto Alegre e de outras cidades brasileiras se tornaram exemplo para o mundo. Nos últimos anos, contudo, houve uma redução dessas iniciativas bem sucedidas no Brasil. O debate propõe um balanço dessas experiências e um olhar sobre quais alternativas e perspectivas para a retomada da radicalização da democracia visando o avanço do Direito à Cidade. Panelistas: Roque Werlang, Cláudio Di Mauro, Celso Carvalho e Márcia Lucena. A mesa será coordenada por Paolo Colosso e mediada por Claudia Pires. Link aqui.



16h Cinema e luta popular por moradia

“Habitação social - projetos de um brasil” - episódio conjunto Paulo Freire, de André Manfrim. Em seguida, debate sobre as produções audiovisuais e a atual conjuntura brasileira. Com participação do documentarista André Manfrim, produtor Matheus Rufino; e Cristiane Gomes Lima, Diana de Souza Costa Mascarenhas e Roseane Maria de Queiroz, todas moradoras do conjunto habitacional Paulo Freire e militantes da Leste 1. Link aqui.


17h Defensoria também é Athis

O Coordenador auxiliar da Comissão de Moradia do Condege irá conversar com defensores de Santa Catarina, Espírito Santo, São Paulo e Bahia sobre a atuação defensorial em ATHIS e como a função institucional da Defensoria se relaciona com ATHIS. Organizado pela Comissão de Moradia do Colégio Nacional dos Defensores Públicos Gerais (Condege). Com participação de: Renan Soares de Souza, Vinícius Lamego de Paula. Douglas Tadashi Magami, Bethânia Ferreira. Link aqui.



18h Projeto de Lei da Produção Habitacional por Autogestão. Debate online, com transmissão ao vivo, e apresentação de Evaniza Rodrigues, da União dos Movimentos de Moradia de SP e União Nacional por Moradia Popular. Link aqui.









18h Assentamentos Informais Sensíveis à Água e Mudanças Climáticas - BrCidades, Juventude Ondas, FNA e Universidades parceiras


Uma proposta do GT de Saúde, Saneamento e Democracia para debater a Assentamentos Informais Sensíveis à Água e Mudanças Climáticas. Mesa de Abertura: Liza Maria Souza de Andrade - Periférico/ FAU/UnB/Núcleo DF BrCidades/ONDAS, Ricardo de Souza Moretti - LabJuta/UFABC/ONDAS, Anderson Kazuo Nakano - UNIFESP, Alexandre Pessoa Dias – Fiocruz. Mediador: Patryck Carvalho - FNA. Link aqui.


18h Assentamentos Informais Sensíveis à Água e Mudanças Climáticas - BrCidades, Juventude Ondas, FNA e Universidades parceiras.

Uma proposta do GT de Saúde, Saneamento e Democracia para debater a Assentamentos Informais Sensíveis à Água e Mudanças Climáticas. Mesa 1 - Cidades Sensíveis à água, resiliência e assentamentos informais: Alexandre da Silva Faustino - RMIT University - Austrália - Periférico/FAU/UnB/ONDAS, Erich Wolff - Monash Univesity - RISE/Austrália - Periférico/FAU/UnB, Diogo Sakay - Periférico/FAU/UnB. Link aqui.


18h Assentamentos Informais Sensíveis à Água e Mudanças Climáticas - BrCidades, Juventude Ondas, FNA e Universidades parceiras. Uma proposta do GT de Saúde, Saneamento e Democracia para debater a Assentamentos Informais Sensíveis à Água e Mudanças Climáticas. Mesa 2 – Informalidade, Tecnologia Social e Ecosaneamento: Ellen Emerich Carulli - LabJuta/UFABC/ONDAS, Rayssa Saidel Cortez - LabJuta/UFABC/ONDAS, Guilherme Nery Lacerda - Periférico/FAU/UnB Link aqui.


20h Lançamento do "Guia do planejamento da cidade - PARA TODO MUNDO ENTENDER (CAU/GO). Link aqui.













Quarta-feira, 15 de setembro


10h Cortiços e Ocupações: Pensar o centro como território de resistência na pandemia e no pós pandemia. Link aqui.









16h às 18h O Direito à Cidade e a construção do Desenvolvimento Local: os Orçamentos Públicos e a participação popular à luz da nova Economia Política e do binômio Inclusão Social e Cidadania.

A mesa discutirá o Direito à Cidade como ferramenta política para a construção do desenvolvimento local, mediado pela participação popular e pelo financiamento público. Também será falado sobre a dinamização da economia local por meio das ideias que compõem a economia solidária e a nova Economia Política. Organizado pelo núcleo Rio Grande do Norte BrCidades. Com participação de: Celso Carvalho, Regina Pozzobon, Pedro Marin, Cláudia Pires, Ion de Andrade. Link aqui.

18h A importância dos Movimentos Populares Urbanos no cenário de resistência Plenária pelo zoom com coordenação dos movimentos, convidados e experiências locais. Entre os presentes, coordenadores e responsáveis da CONAM, CMP, MLB, MNLM, MTD e UNMP.

19h30 Mesa de debates: Caminhos para cidades antirracistas Durante o encontro, vamos debater interconexões entre o Estatuto da Cidade, Estatuto da Igualdade Racial e grupos étnicos-raciais. Link aqui.


Quinta-feira, 16 de setembro


17h

Mesa de debate

Campanha Despejo Zero - pela vida no campo e na cidade. Link aqui.













18h

Proposta de ATHIS - Vitória-ES: um debate em construção

A atividade tem o objetivo de debater e apresentar umaproposta de implementação de um Programa Municipal de Assistência Técnica em Habitação de Interesse Social para o município de Vitória (ES), formulada por um Grupo de Trabalho formado a partir do Núcleo BrCidades ES, de composição multidisciplinar e com membros da sociedade civil com representantes de Organizações Não-Governamentais (Onze8 e Ateliê de Ideias), do Núcleo de Defesa da Moradia da Defensoria Pública do Estado do Espírito Santo (NUDAM-ES), do Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB-ES), do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Espírito Santo (CAU-ES) e da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Link aqui.



18h

Cidades sem fome, solidárias e agroecológicas: um caminho emergencial necessário para revisão dos planos diretores

Proposta do GT de Soberania Alimentar do BrCidades para um caminho emergencial necessário para revisão dos planos diretores. Com Rafael Reis; Marcelo Mazeta (Coordenador SAN/Araraquara; Liza Andrade (BrCidades/UnB). Link aqui.



19h

O nó da terra em Goiás

Representantes da Campanha Despejo Zero, movimentos sociais e entidades envolvidas na luta pela terra e resistência falarão sobre as boiadas urbanísticas no estado de Goiás. Link aqui.



Sexta-feira, 17 de setembro


14h

A ideologia do Plano Diretor (homenagem a Flávio Villaça)

A proposta é de uma atividade nacional nos moldes das "dobradinhas" já programadas para os sábados com uma mesa seguida de gt interno. Sendo no primeiro horário da tarde (14h às 16h) uma mesa expositiva reunindo diversos coletivos que têm medido forças contra o capital imobiliário e lutado pela participação popular nos processos de feição/revisão de plano diretor de várias cidades (por exemplo Recife de luta, Salve natal, Salve goiânia, Frente São Paulo pela vida, Núcleo DF, Fórum PDJP, etc). Com um discurso de abertura em homenagem a Flávio Villaça, trazendo a memória de seu legado sobre a questão do plano diretor enquanto ideologia, seus dilemas e ilusões. Link aqui.




14h

Recolocar horizontes

A mesa " Recolocar horizontes" do III Fórum Nacional visa debater possibilidades para um projeto de extensão nacional, interinstitucional, incluindo docentes universitários da rede BrCidades, a Federação Nacional de Estudantes de Arquitetura e Urbanismo ( FENEA), a Federação de Estudantes de Direito ( FENED) e movimentos populares, com objetivo de fortalecer iniciativas para uma arquitetura e urbanismo populares, que incidam na realidade social e se tornem ferramentas para o trabalho/atuação no avanço do direito à cidade. Com participação de:Francieli Franceschini Schallenberger (PROPUR-UFRGS/ ex-diretora geral na FENEA), Isabel Barboza da Silva (Cooperativa Mútua), Lohany Corona (UNIFESP/ Diretora FENED), Claudia Pires (IAB-BR) e Antonio Couto (CAU-BR). Mediação: Paolo Colosso (UFSC/BrCidades). Link aqui.

16h

Despejos na Pandemia - Rede Nordeste de Monitoramento e Incidência em Conflitos Fundiários Urbanos: ações da Campanha Despejo Zero na Bahia, Ceará Pernambuco e Rio Grande do Norte

A Rede Nordeste de Monitoramento e Incidência em Conflitos Fundiários Urbanos, iniciativa do IBDU, nessa atividade articula a Campanha Despejo Zero, buscando dar visibilidade aos casos de violação do direito à moradia durante a Pandemia (COVID 19) e às estratégias de resistência a essas violações nos estados da Bahia, Ceará Pernambuco e Rio Grande do Norte. Mediação: Érica Guimarães(Rede Nordeste de Monitoramento e Incidência em Conflitos Fundiários/IBDU e DZ/RN). Com participação de: Ariana Alencar (Rede Nordeste de Monitoramento e Incidência em Conflitos Fundiários/IBDU - Bahia); Christiane Dantas (Moradora do Condomínio Recanto do Emissário Arembepe, Camaçari/BA); Lara Costa (Rede Nordeste de Monitoramento e Incidência em Conflitos Fundiários/IBDU - Ceará); Kelvin Cavalcante (Coordenação da CMP/DZ Ceará); Antonio Celestino (Rede Nordeste de Monitoramento e Incidência em Conflitos Fundiários/IBDU - Pernambuco); Sarah Marques (Coletivo Caranguejo Tabaiares Resiste); Marcello Uchoa (Rede Nordeste de Monitoramento e Incidência em Conflitos Fundiários/IBDU - Rio Grande do Norte); Renata Lins (Advogada Popular - MLB/RN e DZ/RN


18h

O Direito à Cidade como Direito Humano no contexto da Pandemia

Uma reunião virtual conduzida pela CONAM, com seus diretores e convidados relacionados ao tema, aberto para quem tiver interesse em interagir e mesmo relatar experiências.



Sábado, 18 de setembro


14h

Mesa "As Escalas e os Sujeitos da Ação no Território"

Coordenação - Taina de Paula

Escala Nacional - Dep. Paulo Teixeira (PT)

Escala Metropolitana - Dep. Edmilson Rodrigues (PSOL)

Pequenas e Médias Cidades - Marcia Lucena (PSB/PB) e Claudio Di Mauro PDT

Bairros, Comunidades, Vilas e Favelas - Erika Hilton (PSOL/SP)


16h

Oficina "As Escalas e os Sujeitos da Ação no Território"

A oficina acontecerá após o debate (como continuidade). Após o debate geral, subgrupos serão formados para debater o tema em I) Escala Nacional, II) em Escala Metropolitana, III) em Escala de Pequenas e Médias Cidades, e IV) em Escala de Bairros, Comunidades, Vilas e Favelas. Preencha o formulário neste link para participar do debate.






81 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo